Portal da Prefeitura de Curitiba

voltar

Coworking público

Empreendedores sociais começam a trabalhar no Worktiba na segunda-feira

14/06/2017 13:02:00

Começam na próxima segunda-feira (19/6) as atividades no Worktiba Barigui, o primeiro coworking público municipal do Brasil. Foram selecionados 11 projetos e 25 pessoas para desenvolverem ideias sociais ou ambientais no espaço no Parque Barigui.

Nesta quarta-feira (14/6) foram repassadas as regras de utilização do espaço e feita a primeira integração entre os representantes dos 11 projetos selecionados.

O Worktiba é um projeto da atual gestão para estimular empreendedores a buscar soluções inovadoras para a cidade. Neste primeiro Worktiba foram reaproveitados móveis, computadores e o espaço ao lado do Salão de Atos do Parque Barigui, que estavam sendo subutilizados na gestão pública municipal. Além disso, o empreendedores sociais terão acesso a um link dedicado de fibra ótica, com navegação irrestrita na internet.

“O Worktiba é uma ideia do prefeito Rafael Greca que desenvolvemos aqui no Imap. É mais um braço de apoio ao desenvolvimento social e humano da cidade, fortalecendo a inovação nos projetos sociais, integrado ao ecossistema de inovação plantado na cidade”, comenta Alexandre Jarschel de Oliveira, presidente do Imap.

O processo de elaboração das regras de utilização, edital e seleção foi elaborado em reuniões com empreendedores sociais, em um formato inovador de edital participativo, em que os participantes das reuniões públicas sugeriram a melhor forma para ocupar e desenvolver as atividades no espaço.

Um dos projetos que será desenvolvido no local é o desenvolvimento de moradias populares sustentáveis pela empresa ECOstudio. “É uma oportunidade única de desenvolver ideias e conhecer pessoas, esse ambiente coletivo favorece isso. Além disso é importante essa integração com a Prefeitura e instituições para desenvolver ideias inovadoras”, comenta Libia Patricia Peralta Agudelo, gestora da ECOstudio.

As 11 empresas selecionadas podem utilizar o espaço por cinco meses, renováveis por mais cinco, para desenvolver o projeto apresentado. Além da estrutura física, estão sendo planejadas ações de apoio e consultoria para os projetos que serão desenvolvidos, além de palestras para o público interno e externo. Estão sendo projetados mais Worktibas para os próximos meses, para apoiar empreendedores de outras áreas.  

Entre as instituições apoiadoras do Worktiba está o Sebrae, que auxiliou no processo de elaboração das regras do espaço, seleção e vai acompanhar o desenvolvimento dos projetos desenvolvidos no local. “É um projeto único no Brasil e com ele vem um grande aprendizado para a cidade e as instituições. Integra-se ao Vale do Pinhão e o trabalho da Prefeitura em incentivar a inovação na cidade”, comenta Luiz Gustavo Comelli, gestor do Sebrae.  

Participaram do encontro Alexandre Matschinske, coordenador do Worktiba Barigui; Frederico Munhoz da Rocha Lacerda, presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento; e Andrea Lima Duarte, gestora de TI do Imap.

 

Os 11 projetos selecionados:

ErgonApp – desenvolver aplicativo de celular para auxiliar alérgicos e intolerantes.

DaLâmpada – plataforma para divulgar empreendedores MEI.

Lavandapp – plataforma para conectar doadores e doações diversas.

Jci Curitiba – cursos de capacitação para Vila Torres.

Jornal Realidade Noticias - fomentar ações sociais em Santa Felicidade e região.

Associação Prevention -  ações para combater a cegueira evitável.

ECOStudio – projetos de habitação social sustentável.

Magnoplan Gerenciamento de Projetos -  plataforma de atendimento e monitoramento da cidade.

ZeroPerda Treinamentos Gerenciais - treinamentos para o desenvolvimento social.

Natalia Lira Arquitetura - assessoria em projetos arquitetônicos para população de baixa renda.

NATURARQ – prevenção e recuperação ambiental e hídrica da cidade.

 

Compartilhe

Leia mais

Mais lidas