Portal da Prefeitura de Curitiba

voltar

principal
  • miniatura
  • miniatura
  • miniatura
  • miniatura

Relações internacionais

Curitiba inspira modelo de governança inovadora para Angola

11/01/2018 15:15:00

O Vale do Pinhão, o modelo de governança e o programa de agricultura urbana de Curitiba devem fazer parte do acordo de cooperação que está previsto para ser assinado, ainda neste semestre, pela Prefeitura e o governo de Angola.

Nesta quinta-feira (11/1), Leandro Paulino, representante da Presidência da República do país africano, conheceu os projetos que estão sendo desenvolvidos pela gestão do prefeito Rafael Greca e que deverão ser levados para Angola.

Participaram do encontro, na sede do Vale do Pinhão, no Engenho da Inovação, o presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, Frederico Augusto Munhoz da Rocha Lacerda; o secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, Luiz Gusi; e o assessor de Relações Internacionais da Prefeitura, Rodolpho Zannin. 

“Este acordo de cooperação será muito importante para Angola, pois Curitiba é referência internacional em gestão pública”, salientou o técnico ligado ao gabinete da Casa Civil da Presidência da República de Angola.

Ele espera que, com o acordo, os técnicos da Prefeitura da capital possam ajudar o governo do país africano a responder às necessidades de seus habitantes em áreas como governança, planejamento urbano, meio ambiente, empreendedorismo e abastecimento de alimentos.

O presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação explicou para o representante do governo angolano que o Vale do Pinhão contempla uma série de ações integradas de incentivo à tecnologia, revitalização de regiões com emprego e renda, criação de startups (novas empresas) e educação voltada à cultura da inovação.

“O Vale do Pinhão tem essa missão de estimular empreendedores, startups, universidades, investidores, grandes empresas e o terceiro setor a atuarem em conjunto para fortalecer o desenvolvimento de negócios inovadores na capital, principalmente, na área de economia criativa e tecnologia”, salientou Frederico.

Centro de referência

O secretário municipal de Agricultura e Abastecimento apresentou o Programa de Agricultura Urbana da Prefeitura, que dá apoio a 24 áreas cultivadas por produtores urbanos, e também o projeto do Centro de Referência em Agricultura Urbana e Economia Criativa, inédito no Brasil e que será instalado na área anexa ao pátio de manobras de trens próximo à Rodoferroviária, na área do Vale do Pinhão. “O Centro terá a missão de promover a difusão de práticas e técnicas de agricultura urbana e organização comunitária, a fim de contribuir para a educação social, alimentar e ambiental da população”, contou Gusi.

O assessor de Relações Internacionais da Prefeitura reforçou que o futuro acordo de cooperação entre Curitiba e Angola deverá contemplar o novo modelo de gestão da capital, nos âmbitos da governança, recursos humanos, planejamento urbano, mobilidade, meio ambiente, educação e saúde.

“Além disso, o Vale do Pinhão, que está se transformando em modelo de emprego e renda, e o programa de agricultura do Município também farão parte desta cooperação”, completou Rodolpho.

Recursos humanos

Também nesta semana, o secretário de Administração e Recursos Humanos, Heraldo Alves das Neves, se reuniu com Paulino para discutir detalhes sobre o acordo de cooperação técnica.

“Entre as prioridades angolanas, está a implementação de modelo do sistema de banco de dados dos recursos humanos da Administração Pública de Curitiba”, comenta Neves.

O acordo entre Curitiba e Angola terá acompanhamento e chancela da Agência Brasileira de Cooperação, órgão do Itamaraty responsável pelo desenvolvimento de cooperações internacionais vigentes no país.

 

Compartilhe

Leia mais

Mais lidas